12
mar

Vocês sabiam que alguns revestimentos ajudam na acessibilidade?

Quando um projeto é elaborado, é preciso assegurar a acessibilidade e funcionalidade básica do local, para que pessoas com deficiência possam se deslocar confortavelmente.

Em caso de cadeirantes, os pisos fazem total diferença, pois devem oferecer o mínimo de obstáculos possível, com transições suaves e sem mudanças bruscas de nível.

Além disso, os materiais que o revestem devem ser antiderrapantes, firmes e estáveis, resistentes ao peso da cadeira de rodas e que dificilmente são danificados pela força, ideais para a circulação prolongada de cadeira de rodas.

Os melhores materiais de revestimento, nesses casos, são os pisos feitos de madeira, piso vinílico ou de cerâmica. Os pisos de madeira maciça são mais fáceis de manter e podem ser renovados quando houver arranhões pelo movimento da cadeira. Os acabamentos raspados ou desgastados no pisos de madeira acabam por aumentar o atrito na superfície, evitando escorregões.

Já os pisos vinílicos, são igualmente antiderrapantes, mas não podem ser reparados se forem danificados. Mas, por serem mais baratos, podem ser substituídos com mais facilidade. Por último, o piso cerâmico é firme, antiderrapante e texturizado, além de extremamente durável.

A escolha vai depender do design do projeto a ser feito, orçamento e necessidades do cliente, devendo ser feito de maneira personalizada e com o máximo de conforto possível.